Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Países com menores taxas de produção de CO2 podem obter redução de impostos na UE

Em 2013, os Países Baixos tiveram as emissões de CO₂ mais baixas de todos os 28 Estados-membros da UE em 109 g/km. O país viu a segunda melhor redução global, 30,4%, desde que a UE introduziu limites co₂ vinculativos para os automóveis novos em 2008. O imposto de Registo Automóvel dos Países Baixos é fortemente diferenciado pela economia de combustível, ao mesmo tempo que beneficia de isenções do imposto de circulação para veículos de muito baixo teor de carbono, incluindo os automóveis eléctricos.

Distingue-se também fortemente das emissões de CO₂ na tributação dos pagamentos de "benefícios em espécie" para os veículos das empresas, a fim de incentivar a aquisição dos veículos com emissões mais baixas.



A Alemanha, o maior mercado europeu de automóveis, foi, de longe, o pior actor dos 15 Estados-Membros participantes mais longos da UE, com 136,1 g/km. Não tem um imposto de Registo significativo e os impostos anuais de circulação são tão pouco graduados de acordo com as emiss…

Últimas postagens

Impostos para ter um carro no Brasil - Qual é o total gasto com taxas?